Incubação de Empresas: programa da UFPA é selecionado em premiação


Incubação de Empresas: programa da UFPA é selecionado em premiação

Os negócios podem ser não apenas uma fonte de rendimento, mas também causar impactos positivos na sociedade e no meio ambiente. O Programa de Incubação de Empresas de Base Tecnológica (PIEBT), da Universidade Federal do Pará (UFPA), atua há 21 anos apostando em empresas de base tecnológica que aproveitam o potencial dos recursos da biodiversidade. 

Foi com essa metodologia que conseguiu ser selecionado entre as 10 melhores incubadoras e aceleradoras do Brasil, no 2º Desafio de Incubação e Aceleração de Impacto. O programa concorre a um prêmio de R$ 25 mil para pôr um plano de ação em prática.

O desafio é promovido pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), pelo Instituto de Cidadania Empresarial (ICE) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A 2ª edição começou em dezembro do ano passado, quando os programas participantes fizeram parte de um workshop em Brasília. Depois, vieram capacitações e, em maio, as incubadoras escreveram uma proposta que detalha como cada uma executaria um plano de ação com impacto social.

O desafio recebeu 42 inscrições, de 17 estados do País, mas apenas duas incubadoras de cada região foram selecionadas para a etapa final. 

CONCORRÊNCIA

 O PIEBT concorre com a Incubadora Amazonas Indígena Criativa a uma premiação de R$ 25 mil e ainda mentoria dos associados do ICE e vouchers de serviços do Sebrae para os negócios de impacto apoiados pelas instituições. Agora, só resta um passo antes de se conhecer o vencedor de cada região.

De 24 a 26 deste mês, as incubadoras vão apresentar seu plano de ação em São Paulo diante de uma banca examinadora e, no fim do evento, saberão o resultado.

PROJETO 


A proposta do PIEBT da UFPA é de reverter os recursos para uma série de atividades que possibilitariam ampliar e divulgar a cultura do empreendedorismo social, por meio de seminários, palestras, oficinas e capacitações. “Nossa intenção é gerar cultura para os negócios de impacto social, difundir e apoiar novas ideias”, resume Leila Furtado, coordenadora de empreendedorismo 
do programa da UFPA. 

INCUBADORA 

O programa de incubação da UFPA vem estimulando negócios que tragam benefícios à população, dando suporte desde o refinamento da ideia ao desenvolvimento do projeto, criação da empresa e lançamento ao mercado. Um dos projetos é o da Amazon Dreams, uma empresa química que aproveita os resíduos da floresta para gerar insumos de indústrias (como de cosméticos e de alimentos) e executa projetos sociais. 

PROPOSTAS

Os interessados podem inscrever propostas de negócios no PIEBT. Basta estar atento aos editais do programa. No momento, há um edital em aberto, cujas inscrições vão até 16 de agosto, com 8 vagas para empresas associadas e 4 para residentes. Saiba mais sobre no site

Compartilhe:

Deixe seu comentário